Arquivo da tag: Dia da Consciência Negra

Dia da Consciência Negra – Frase e Piada

Existem aqui no Trombone alguns textos dos quais gosto muito e que postaria todos os anos, na época oportuna, mas não faço.

Não sei  porque  apenas abro exceção  para dois.  Um, às vésperas da Parada Gay e outro contendo frase a respeito do Dia Da Consciência Negra.

Acho legal a ideia de se ter um dia em homenagem aos negros. Sou a favor da emancipação das minorias e talvez o começo seja esse mesmo – um simples dia no calendário dedicado a esses grupos oprimidos. Mas a frase é bem legal, quem me passou foi o Saudoso Zé Rodrix.  Ele disse que a frase foi feita por um grupo de amigos, entre os quais um negro.  Lá vai:

“Inventaram UM dia da Consciência Negra só para deixar a negrada inconsciente o resto do ano”

Ocorreu-me também piada de domínio público a respeito do assunto.  Aliás, piada que brinca com a falta de consciência negra do mais importante ídolo do esporte. Lá vai.

Um negro  consegue driblar toda a burocracia; finalmente, é recebido por Pelé.   Com paciência e generosidade, Pelé escuta todos os preconceitos e discriminações de que o outro estava sendo vítima. Paternalmente,  Pelé tenta confortá-lo:

– Eu entendo bem o seu problema, meu filho.  Eu também já fui preto.

Sem querer lavar as mãos,  tanto a piada  quanto à frase não são minhas. Gostando ou não da frase, da piada,  do meu post, enfim,  mais uma vez,  este Trombone abre  canal para quem quiser se manifestar sobre o tema.

De qualquer forma, Feliz Dia da Consciência Negra para todos, sejam sua consciência e sua pele da cor que forem!

Dia da Consciência Negra – Frase e Piada

Existem aqui no Trombone alguns textos dos quais gosto muito e que postaria todos os anos, na época oportuna, mas não faço.

Não sei  porque  apenas abro exceção  para dois.  Um, às vésperas da Parada Gay e outro contendo frase a respeito do Dia Da Consciência Negra.

Acho legal a ideia de se ter um dia em homenagem aos negros. Sou a favor da emancipação das minorias e talvez o começo seja esse mesmo – um simples dia no calendário dedicado a esses grupos oprimidos. Mas a frase é bem legal, quem me passou foi o Saudoso Zé Rodrix.  Ele disse que a frase foi feita por um grupo de amigos, entre os quais um negro.  Lá vai:

“Inventaram UM dia da Consciência Negra só para deixar a negrada inconsciente o resto do ano”

Ocorreu-me também piada de domínio público a respeito do assunto.  Aliás, piada que brinca com a falta de consciência negra do mais importante ídolo do esporte. Lá vai.

Um negro  consegue driblar toda a burocracia; finalmente, é recebido por Pelé.   Com paciência e generosidade, Pelé escuta todos os preconceitos e discriminações de que o outro estava sendo vítima. Paternalmente,  Pelé tenta confortá-lo:

– Eu entendo bem o seu problema, meu filho.  Eu também já fui preto.

Sem querer lavar as mãos,  tanto a piada  quanto à frase não são minhas. Gostando ou não da frase, da piada,  do meu post, enfim,  mais uma vez,  este Trombone abre  canal para quem quiser se manifestar sobre o tema.

De qualquer forma, Feliz Dia da Consciência Negra para todos, sejam sua consciência e sua pele da cor que forem!

É de se lastimar apenas que esse ano tenha caído no domingo e, assim, perdemos um feriado.

Dia da Consciência Negra – Frase e Piada.

Existem aqui no Trombone alguns textos dos quais gosto muito e que postaria todos os anos, na época oportuna, mas não faço.

Não sei  porque  apenas abro exceção  para dois.  Um, às vésperas da Parada Gay e outro contendo frase a respeito do Dia Da Consciência Negra.  A frase, aliás,  foi feita por um pequeno grupo, no qual havia uma negra. Quem me passou  a frase foi o saudoso Zé Rodrix,  companheiro do Clube Caiubi.

Acho legal a ideia de se ter um dia em homenagem aos negros. Sou a favor da emancipação das minorias e talvez o começo seja esse mesmo – um simples dia no calendário dedicado a esses grupos oprimidos. Mas a frase é bem legal, quem me passou foi o Saudoso Zé Rodrix.  Ele disse que a frase foi feita por um grupo de amigos, entre os quais um negro.  Lá vai:

“Inventaram UM dia da Consciência Negra só para deixar a negrada inconsciente o resto do ano”

Ocorreu-me também piada de domínio público a respeito do assunto.  Aliás, piada que brinca com a falta de consciência negra do mais importante ídolo do esporte. Lá vai.

Um negro  consegue driblar toda a burocracia; finalmente, é recebido por Pelé.   Com paciência e generosidade, Pelé escuta todos os preconceitos e discriminações de que o outro estava sendo vítima. Paternalmente,  Pelé tenta confortá-lo:

– Eu entendo bem o seu problema, meu filho.  Eu também já fui preto.

Sem querer lavar as mãos,  tanto a piada  quanto à frase não são minhas. Gostando ou não da frase, da piada,  do meu post, enfim,  mais uma vez,  este Trombone abre  canal para quem quiser se manifestar sobre o tema.

De qualquer forma, Feliz Dia da Consciência Negra para todos, sejam sua consciência e sua pele da cor que forem!!!

Papai Noel!!!???

“Dentro” do Espírito de Natal, microconto meu, de seis palavras,  já postado aqui algumas vezes.

Existem apenas dois textos que todos os anos estão no Trombone:

  • caso divertido que aconteceu na parada Gay e
  • Frase sobre o Dia da Consciência Negra.

Como  já  disse,  tasquei esse microconto  algumas vezes nessa época do ano.  Quem sabe ele também se torne permanente às vésperas do Natal.  Merecer, sem falsa modéstia, ele merece.  Aliás, mereceria estar em qualquer coletânea de microcontos de seis palavras.

Lá vai:

Papai Noel Pedófilo Pagava para Trabalhar.

Dia da Consciência Negra – Frase e Piada

Existem aqui no Trombone alguns textos dos quais gosto muito e que postaria todos os anos, na época oportuna, mas não faço.

Não sei  porque  apenas abro exceção  para dois.  Um, às vésperas da Parada Gay e outro contendo frase a respeito do Dia Da Consciência Negra.  A frase, aliás,  foi feita por um pequeno grupo, no qual havia uma negra. Quem me passou  a frase foi o saudoso Zé Rodrix,  companheiro do Clube Caiubi.

Acho legal a ideia de se ter um dia em homenagem aos negros. Sou a favor da emancipação das minorias e talvez o começo seja esse mesmo – um simples dia no calendário dedicado a esses grupos oprimidos. Mas a frase é bem legal – Lá vai:

“Inventaram UM dia da Consciência Negra só para deixar a negrada inconsciente o resto do ano”

Ocorreu-me também piada de domínio público a respeito do assunto.  Aliás, piada que brinca com a falta de consciência negra do mais importante ídolo do esporte. Lá vai.

Um negro  consegue driblar toda a burocracia; finalmente, é recebido por Pelé.   Com paciência e generosidade, Pelé escuta todos os preconceitos e discriminações de que o outro estava sendo vítima. Paternalmente,  Pelé tenta confortá-lo:

– Eu entendo bem o seu problema, meu filho.  Eu também já fui preto.

Sem querer lavar as mãos,  tanto a piada  quanto à frase não são minhas. Gostando ou não da frase, da piada,  do meu post, enfim,  mais uma vez,  este Trombone abre  canal para quem quiser se manifestar sobre o tema.

De qualquer forma, Feliz dia da Consciência Negra para todos, sejam sua consciência e sua pele da cor que forem!!!

Parada Gay – Historinha Engraçada

Há somente  dois textos  que repito todos os anos.

Esse a seguir, às vésperas da Parada Gay e outro próximo ao dia da Consciência Negra.

Deveria repetir mais alguns; ocorrem-me três: Sobre o Papel do Herói (próximo ao Sete de Setembro), uma coletânea de Epitáfios(absolutamente hilários),  Finados, e sobre Pindura – Prática dos Estudantes de Direito de  Jantarem em Restaurantes em Agosto e não Pagarem a Conta.   Ao final deixo os Links.  Por enquanto, Parada Gay:

 

Parada Gay, alguns  anos atrás. Desde a primeira, fui a algumas edições. Som legal, muita alegria e, além de tudo, não custa nada prestigiar. Lembro-me quando queriam bater o récorde mundial de público. Além do som, havia a meta a ser cumprida. Fui até mais para fazer número e ajudar no récorde, que acabou mesmo sendo batido.

Pois bem, em uma das vezes, de dentro do carro, perto da Rua Cubatão, onde, segundo meus cálculos, deveria estar a marcha naquele momento, pergunto para um grupo de gays que vinha caminhando se o pessoal ainda permanecia pelas redondezas. Eles me informam que a marcha já devia ter chegado ao ponto final, na República, onde seriam encerrados os festejos.

Pensando em voz alta, lastimo. Um deles consola:

– Não desiste, não. Corre lá, quem sabe cê ainda não arranja um namoradinho!!!

Divertindo-me muito, nos dias seguintes, contei para todo mundo o episódio.

+++++++

Conforme o Prometido,  Papel do Herói, clique aqui

Para se divertir,

Pindura, clique aqui

Epitáfios, clique aqui

 

Dia Da Consciência Negra – Frase e Piada

Existem apenas dois textos que repito todos os anos aqui no Boca.  Esse abaixo, contendo frase e piadinha, a propósito do Dia das Consciência Negra e uma história divertida que aconteceu comigo no Dia da Parada Gay,há algum tempo.

Anos atrás, publiquei coletânea de frases para epitáfios.  Distraído,  postei o texto 20, 25 dias antes do Finados.  O leitor e amigo Pawlow lembrou que eu deveria ter guardado o texto para as vésperas do Finados.  No ano seguinte, publiquei  os Epitáfios na época certa e, embora excelente (posso dizer isso sem ser pretensioso, já que as frases/epitáfios, exceto um, o meu próprio, não são meus), não vou publicar novamente esses epitáfios.  Mas se quiser ler, clique aqui

Há vários anos, nessa mesma data, venho publicando aqui frase sobre o dia da Consciência Negra.  Para não perder a oportunidade, publico novamente.  Digo sempre que sou contra qualquer desperdício.  Agora me dou conta de que sou contra, inclusive, o desperdício de frases e piadas oportunas.

Essa frase foi criada por grupo de discussão na Internet, do qual fazia parte uma negra, aliás, quem me passou  a frase e contou a origem foi o saudoso compositor, Zé Rodrix, meu conhecido do querido  Clube Caiubi

Acho legal a ideia de se ter um dia em homenagem aos negros. Sou a favor da emancipação das minorias e talvez o começo seja esse mesmo – um simples dia no calendário dedicado a esses grupos oprimidos. Mas a frase é bem legal:

“Inventaram UM dia da Consciência Negra só para deixar a negrada inconsciente o resto do ano”

Ocorreu-me também piada de domínio público a respeito do assunto.  Aliás, piada que brinca com a falta de consciência negra do mais importante ídolo do esporte. Lá vai.

Um negro  consegue driblar toda a burocracia; finalmente, é recebido por Pelé.   Com paciência e generosidade, Pelé escuta todos os preconceitos e discriminações de que o outro estava sendo vítima. Paternalmente,  Pelé tenta confortá-lo:

– Eu entendo bem o seu problema, meu filho.  Eu também já fui preto.

Sem querer lavar as mãos,  tanto a piada  quanto à frase não são minhas. Gostando ou não da frase, da piada,  do meu post, enfim,  mais uma vez, Boca no Trombone abre  canal para quem quiser se manifestar sobre o tema.

De qualquer forma, Feliz dia da Consciência Negra para todos, sejam sua consciência e sua pele da cor que forem!!!

 

Dia da Consciência Negra – Frase e Piada

Existem apenas dois textos que repito todos os anos aqui no Boca.  Esse abaixo, contendo frase e piadinha, a propósito do Dia das Consciência Negra e uma história divertida que aconteceu comigo no Dia da Parada Gay, muitos anos atrás.

Ano passado, publiquei uma coletânea de frases para epitáfios.  Distraído,  postei o texto 20, 25 dias antes do Finados.  O leitor e amigo Pawlow lembrou que eu deveria ter guardado o texto para as vésperas do Finados.  Neste ano, publiquei  os Epitáfios na época certa e, embora excelente (posso dizer isso sem ser pretensioso, já que as frases/epitáfios, exceto um, o meu próprio, não são meus), não vou publicar novamente esses epitáfios.  Mas se quiser ler, clique aqui

Há alguns anos, nessa mesma data, venho publicando aqui frase sobre o dia da Consciência Negra.  Para não perder a oportunidade, publico novamente.  Digo sempre que sou contra qualquer desperdício.  Agora me dou conta de que sou contra, inclusive, o desperdício de frases e piadas oportunas.

Essa frase foi criada por grupo de discussão na Internet, do qual fazia parte uma negra, aliás, quem me passou  a frase e contou a origem foi o saudoso compositor, Zé Rodrix, meu conhecido do querido  Clube Caiubi

Acho legal a idéia de se ter um dia em homenagem aos negros. Sou a favor da emancipação das minorias e talvez o começo seja esse mesmo – um simples dia no calendário dedicado a esses grupos oprimidos. Mas a frase é bem legal:

“Inventaram UM dia da Consciência Negra só para deixar a negrada inconsciente o resto do ano”

Ocorreu-me também piada de domínio público a respeito do assunto.  Aliás, piada que brinca com a falta de consciência negra do mais importante ídolo do esporte. Lá vai.

Um negro  consegue driblar toda a burocracia; finalmente, é recebido por Pelé.   Com paciência e generosidade, Pelé escuta todos os preconceitos e discriminações de que o outro estava sendo vítima. Paternalmente,  Pelé tenta confortá-lo:

– Eu entendo bem o seu problema, meu filho.  Eu também já fui preto.

Sem querer lavar as mãos,  tanto a piada  quanto à frase não são minhas. Gostando ou não da frase, da piada,  do meu post, enfim,  mais uma vez, Boca no Trombone abre  canal para quem quiser se manifestar sobre o tema.

De qualquer forma, Feliz dia da Consciência Negra para todos, sejam sua consciência e sua pele da cor que forem!!!

Esse ano, o feriado da Consciência Negra caiu em estratégica terça-feira, de maneira que dá para enforcar a segunda.  Sem contar que dia 15 caiu na quinta…  E melhor, salvo engano, esse feriado, que era restrito ao Estado ou Cidade de São Paulo, parece, será feriado nacional a partir do ano que vem.

Mesário, Orgulhe-se – Você é a Grande Estrela Desse Único Dia Verdadeiramente Democrático!!!

Ontem, ao publicar o milésimo texto aqui no Boca, comentei que havia alguns recorrentes, como a história divertida da Parada Gay e  frase a respeito do   Dia da Consciência Negra.  Fatos engraçados.  Quiser ler  Parada Gay,  clique; Quiser ler Dia da Consciência Negra, Clique

E esqueci-me de outro, esse do bem, exaltando o trabalho dos mesários.  Pela terceira vez, lá vai:

+++++++++++++++++

Li em algum lugar que a eleição é o único dia a cada dois anos em que, de fato, todos os brasileiros são absolutamente iguais na sua principal atividade. O voto de um milionário, de um cara com pós doutorado têm exatamente o mesmo valor que o de um miserável, um semi-alfabetizado. Não é o máximo isso??? Por incrível que pareça, há gente que seja contra essa paridade.

E você, jovem escalado para mesário, tem um papel fundamental nessas datas históricas.

Esqueça um pouco o domingo que será gasto atrás de uma mesa e pense se haveria outras alternativas. Que outras maneiras teriam os Tribunais eleitorais para escolher os mesários??? Contratar centenas de milhares de funcionários apenas para o dia da eleição seria impossível e fatalmente suscitaria infinitas dúvidas a respeito da conduta, da imparcialidade deles.

Portanto, caro jovem, não fique se lembrando do que poderia estar fazendo no domingo e exerça com orgulho o papel que lhe cabe. Além disso, o empregador tem a obrigação de dar um ou até dois (não me lembro ao certo) dias de folga para todos os que foram convocados nas eleições. A esse respeito, um mês e meio atrás, ouvi na CBN, no fabuloso programa FIM DE EXPEDIENTE, um perspicaz e gozador comentarista afirmando que o jovem que cogitasse de usufruir desse dia de folga por conta do serviço prestado nas eleições seria imediatamente demitido. Aí é aquela velha história, velha teoria do saudoso Severo Gomes, já citada aqui no Boca do Trombone mais de uma vez – dizia ele: “não é o povo brasileiro que não presta. O povo brasileiro é bom. Quem não presta é a elite. Nós é que não prestamos!!!”

Mesário, orgulhe-se de contribuir para a cidadania no domingo e usufrua com tudo o feriado a que terá direito